E-mail


TDAH Crianças que Desafiam
Ampliar Imagem


TDAH Crianças que Desafiam

Preço Unitário (Un): R$ 35,00
Número Uns na embalagem:1
Número Uns na caixa:1

Livro

TDAH CRIANÇAS QUE DESAFIAM

Como Lidar com o Déficit de Atenção e a Hiperatividade na Escola e na Família

EM PROL DE UMA MAIOR CONSCIENTIZAÇÃO DOS PAIS, EDUCADORES E TERAPEUTAS
Contra o uso indiscriminado do metilfenidato (Ritalina, Concerta, Venvanse e outros)
 
Por certo, praticamente todos os pais de crianças diagnosticadas como TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e-ou Hiperatividade já foram aconselhados a proporcionar a seus pimpolhos a terapia psicológica, especialmente a cognitivo-comportamental, também identificada como TO – terapia ocupacional (alguns dizem ‘treinamento ocupacional’). A terapia psicológica é o tratamento recomendado como de primeira linha de intervenção pela APA - Associação de Psiquiatria Americana. 

Importante discorrer um pouco sobre a diferença entre o tratamento psicológico segundo a fenomenologia e o tratamento psicológico comportamental. Destacar a diferença entre um e outro tratamento. 

Na psicologia fenomenológica (também chamada: humanista), o terapeuta “respeita a história do paciente, ajuda a esclarecer pontos frágeis, recupera a autoestima e proporciona espaço para que o próprio indivíduo construa suas estratégias para melhor conviver com o meio.” – (pág.115 – Tipos de Tratamento – Livro TDAH Crianças que Desafiam)  

O Tratamento Psicológico Cognitivo-Comportamental, “tem como objetivo mudar o comportamento da criança, ajudando-a na adaptação ao meio e no controle de seu próprio comportamento; pode envolver ajuda prática, como ajudar a organizar tarefas, completar trabalhos escolares e inclui, também, trabalhar registros de eventos emocionalmente difíceis. Os terapeutas sinalizam às crianças habilidades sociais, tais como a forma de esperar a sua vez, compartilhar brinquedos, pedir ajuda, ou responder à provocação. Aprender a ler expressões faciais e tom de voz, em outros, e como responder de forma adequada também pode ser parte de treinamento de habilidades sociais.” (pág.116)

Melhores resultados ocorrem quando o(a) terapeuta concilia as duas abordagens sob uma ótica conjunta (conhecer e respeitar a historia e, só então, conduzir para o comportamento desejado).  


Os Pais

Também os pais, ao realizar o Quadro de Acordos – Tarefas, Perdas e Recompensas, precisam levar em conta o sentimento, a percepção da criança frente aos fatos. Não basta escrever: “Não morder!”. Primeiro, com tempo, com carinho, com envolvimento sincero, precisa saber as circunstâncias onde acontecem estas reações agressivas, porque acontecem, envolvendo quem, em que horário. Sim, pois caso acontecer nos minutos finais da escolinha, por exemplo, pode ser que o motivo seja apenas o fator cansaço, ou a ansiedade em ver a mãe chegar e ir pra casa.
 






[ Voltar ]



Você também pode estar interessado neste(s) produto(s)

R$ 95,00


R$ 199,00


R$ 65,00





FORMAS DE PAGAMENTO

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

 

psicopedagoga8 Psicopedagoga Valéria